TABAGISMO

 

“Sem o esforço e a força de vontade não conseguiremos aquilo que desejamos”.

 

O tabagismo é o ato de fazer uso do fumo. É um vício como a cocaína, pois causa dependência química e psicológica. Quem fuma além de destruir a sua saúde está contribuindo para destruir a saúde daqueles que com ele convivem. O fumante passivo (aquele que convive com o fumante e inala a sua fumaça) também corre os mesmos riscos que o fumante ativo.

A fumaça do tabaco contém cerca  de 4.700 tipos diferentes de substâncias tóxicas constituídas por duas fases fundamentais, a fase particulada e a fase gasosa. A fase gasosa é composta, entre outros por monóxido de carbono, amônia, cetonas, formaldeído, acetoaldeído, acroleína, etc. A fase particulada é composta por alcatrão e nicotina.

O alcatrão é formada por mais de 40 substâncias comprovadamente cancerígenas, formado à partir da combustão dos derivados do tabaco. Entre elas o arsênio, níquel, resíduos de agrotóxicos, substâncias radioativas como o Polônio 210, acetona, naftalina e até o fósforo P4/P6, substância usada como veneno de rato.

O monóxido de carbono (CO) tem afinidade pela hemoglobina presente nos glóbulos vermelhos do sangue, que fazem o transporte do oxigênio para todos os órgãos do corpo. A ligação nociva do monóxido de carbono com a hemoglobina forma um composto irreversível chamado de carboxihemoglobina, impedindo a ligação dessa hemoglobina com o oxigênio. Isso prejudica a oxigenação dos tecidos e órgãos.

A nicotina é considerada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) uma droga psicoativa que causa dependência. Ela age como a cocaína no Sistema Nervoso Central. O tabagismo está classificado como doença no grupo de transtornos mentais e do comportamento, devido a essa substância psicoativa (Código Internacional de Doenças CD-10).

Seção: Conheça o cigarro por dentro www.inca.org.br/tabagismo

O tabagismo é considerado pela OMS a principal causa de morte por doença EVITÁVEL em todo o mundo. A OMS estima que um terço da população mundial adulta (1 bilhão e 200 milhões de pessoas) sejam fumantes. O total de mortes devido ao uso do tabaco atingiu a cifra de 4,9 milhões de mortes anuais, correspondendo a mais de 10 mil mortes por dia. Caso as atuais tendências de expansão continuem, em 2030 o número de mortes chegará a 10 milhões por ano. É por isso, que diversas entidades governamentais de todo o mundo se mobilizaram para desenvolver projetos que esclareçam e ajudem a população mundial a ficar livre desse problema.

O vício do fumo só beneficia as grandes industrias do cigarro que não tem escrúpulos em associar o vício com condições de beleza, esporte e saúde, justamente as coisas que o fumo mais prejudica. Essas indústrias voltam suas propagandas principalmente para os jovens, pois esses são mais influenciáveis e possuem um tempo maior de consumo.

 

CAUSAS NOCIVAS DO FUMO

 

Possui substâncias oncogênicas (aquelas que estimulam a formação de diferentes tipos de câncer). Os fumantes possuem maior predisposição para o câncer de boca, laringe, esôfago, pulmão, pâncreas e bexiga.

QUER PARAR DE FUMAR ?

Existem diversas instituições que desenvolvem programas de apoio e ajuda para aqueles que querem parar de fumar.

Aconselhamos uma visita ao site oficial do ministério da saúde para um maior esclarecimento sobre esse assunto tão sério. Nele existem orientações sobre como parar de fumar.

Nós somos donos do nosso corpo, nós o controlamos e não devemos deixar que ocorra o contrário, a primeira e maior arma é a nossa vontade.

SUGESTÃO :  www.inca.gov.br/tabagismo  ou  www.saude.gov.br/tabagismo

Dra. Ana Márcia:  [email protected] - envie sua sugestão ou mensagem


< Voltar para página anterior