Oremos com Bezerra

Senhor!

Ensina-nos a santificar o trabalho.

Confiaste-nos as tarefas de redenção e agora nós Te rogamos a oportunidade de exercê-las com enobrecimento e valor.

(...) Amigo dileto,

Lá fora há tempestade! Faze que aqui haja paz.

A violência corre nas avenidas do mundo. Ajuda-nos a manter a harmonia interior, a fim de abrandarmos as conseqüências da rebeldia.

O desespero cavalga os instintos agressivos e as cidades se transformam em megalópoles de agonia! Concede-nos a honra imerecida de plasmar o amor aqui dentro, para que ele vá, logo depois, reunindo os destroços ainda fumegantes e edificando o santuário da harmonia geral, no qual habitas, assim amparando o coração agoniado dos sobreviventes.

Nós Te pedimos, Senhor, a terapia preventiva que temos buscado através dos séculos, por impossibilidade de consegui-la.

Silenciamos as nossas ansiedades para suplicar-Te oportunidade de redenção e ensejo de trabalho que nos cumpre santificar em Tua casa de amor.

Sê, por isso, o hóspede invisível do nosso lar, o conviva especial do nosso templo, aqui recebendo os refugiados da agonia e os necessitados de esperança, apontando-lhes o rumo, caso não estejamos em condição de fazê-lo em Teu nome.

Senhor!

Esta é a casa que Te oferece em nome do amor para que Teu amor aqui estabeleça as bases da era nova que nos cumpre viver.

Que assim seja !! 

Graças a Deus

 

Voltar