Vôo de uma alma
 
 
Como Aceitar de bom grado
pela flecha da dor ser transpassado
sem a certeza de que seja transitória
sem o saber que a torne meritória
 
Limitado, meu espírito vê pela matéria
o que torna difícil a compreensão
nada almeja fora dela
o que só aumenta minha desilusão
 
Se no ninho já não encontro abrigo
me sinto impelido a voar
mas com asas mal formadas
a queda é fácil de se imaginar
 
Das aves que desta surgiram
e outras que estão por perto a planar
algumas me precipitam ao abismo
outras tentam me resgatar.
 
 Arquimedes    22.10.2003


<- Voltar