ABENÇOA SENHOR

Abençoa, Senhor esta Casa singela,

Onde a luz do Evangelho esplende, soberana,

E onde encontra guarida a imensa caravana 

Dos tristes corações que a prova desmantela.



Neste pouso de paz onde a fé nos irmana,

Em torno do ideal que ao mundo se revela,

A Caridade é sempre atenta sentinela,

Estendendo os seus braços à penúria humana.



Neste recanto amigo, à margem do caminho,

Ninguém procura em vão o conforto e o carinho,

Cansado de bater, chorando, porta em porta...



Porquanto a Tua voz na voz de quem ensina,

A mensagem de amor da Celeste Doutrina,

A renovar no bem a vida nos exorta!...



                                                                                                                                        Auta de Souza



<- Voltar