Sublime Expiação

Pelo Espírito Victor Hugo

Tudo é transitório, amigo dileto, enquanto estamos no carro sombrio da carne humana. Somente o amor possui a linguagem definitiva e enobrecedora da vida, capaz de vencer o túmulo de cinzas e alcançar a madrugada espiritual. Permanecem as construções do bem e a luz da fraternidade, espalhadas por onde se erguem os alicerces da esperança

Renasceste, como todos nós, para recomeçar a experiência evolutiva. Trazes no perispírito, onde se sediam as necessidades que nos impomos, após os gravames das experiências malogradas, os germens da hanseníase, que poderão ou não manifestar-se e infectar-te o corpo somático, dependendo de como te utilizes das forças físicas ora ao teu alcance.

Não apenas pelo impositivo expiatório recuperamos o patrimônio malbaratado do espírito... As Leis Soberanas são todas de amor, e pelo amor toda a "multidão de pecados é perdoada", conforme asseverou Pedro, recordando o Senhor da Vida, na Terra.

O cabedal de energias que utilizamos no cumprimento do dever e na preservação da virtude multiplica-se, ampliando a potencialidade que lhe é própria, a benefício da usina donde promana, nos tecidos muito sutis do Espírito. Assim, trabalha e serve, ama e ajuda. Pelo amor repararás os desastres da ignorância, da ira e da maldade.

De Divaldo P. Franco

 

 

< Voltar