<- Voltar

Clotildes de Almeida Barros

Nome Completo:Clotildes de Almeida Barros
Filiação:Antônio Almeida Assunção e Leonor Foureaux Assunção
Nascimento:09/06/1884 (Cidade de Guidoval-Ex. Sapé de Ubá-MG)
Desencarnação:25/11/1944 (Em Belo Horizonte - MG)

         Do matrimônio com Tobias Franco de Barros, teve 06 filhos. Militou por muitos anos na cidade de Ponte Nova - MG, quando exerceu a Mediunidade com muito amor,  zelo e dentro dos postulados doutrinários. Transferindo-se para Belo Horizonte, continuou, até seu desencarne, no exercício glorioso de  sua  mediunidade, que abrangia três aspectos: Vidência, Audiência e Psicofonia. Entre os muitos fatos positivos  de sua mediunidade, citaremos um: Seu cunhado José, residente próximo a sua casa, adoeceu  e  seu  estado de saúde se agravou de imediato. A Irmã Clotildes que nada sabia, viu uma onda  de sangue  seguindo em direção  ao  cérebro do mesmo, quando então se dirigiu ao seu lar e tomou conhecimento do estado doentio de seu cunhado. Imediatamente, recomendou levantassem-lhe a cabeça  e após isso,  grande jorro de sangue saiu-lhe pela boca, evitando assim que o cérebro fosse atingido, ou evitando piores conseqüências. Quem  subscreve  a missiva que acompanha esta, foi também beneficiado de sua  mediunidade: acometido de rebelde sinusite, e que o estava impossibilitando até de trabalhar, recebeu do querido  e venerável Adolfo Bezerra de Menezes, por intermédio dela, a orientação para que às 18:00 h. em ponto,permanecesse sozinho em seu quarto em obscuridade, deitado e pelo prazo de 01 (uma) hora. No dia  imediato a sinusite desapareceu. Nossa querida irmã dedicou toda a sua vida aos trabalhos mediúnicos, realizando curas, enquanto no lar assistia a numerosa família.

 

 < Voltar