OSTEOPOROSE

 

Esta doença caracteriza-se pela redução da massa óssea, podendo prejudicar a estrutura dos ossos e predispor a fraturas. É um distúrbio extremamente comum. Assintomática no início torna-se dolorosamente incapacitante devido as microfraturas e se não for tratada de forma conveniente.

A osteoporose pode ser encontrada em várias circunstâncias clínicas, no entanto é mais associada ao envelhecimento e particularmente a menopausa. Por causa disto, a freqüência da doença no sexo feminino e no sexo masculino está em uma proporção de 2:1 ou 3:1. Mais de 95% dos casos  de osteoporose são do tipo primário (causa desconhecida).

Na osteoporose a perda de osso resulta de um desequilíbrio entre a reabsorção óssea e a formação do osso. Em um indivíduo saudável, a formação supera a reabsorção até cerca de 25 a 30 anos, quando é atingida a massa óssea máxima. Entre 35 e 40 anos, a reabsorção e a formação óssea estão equilibradas. Após os 40 anos de idade, a reabsorção supera a formação. Ocorre uma perda de cerca de 0,3 a 0,5 % da massa óssea todos os anos. Após a menopausa o desequilíbrio se agrava e a perda de massa óssea pode chegar a cerca de 5 % anualmente. As perdas relacionadas ao envelhecimento são muito menores em homens de idade comparável.

A causa desta perda óssea em idosos provavelmente é multifatorial, mais importante parece ser a deficiência de estrogênio em mulheres e androgênio em homens. Várias outras influências menos importantes podem contribuir para a perda óssea, como por exemplo, a predisposição hereditária, o aumento do nível de paratormônio, a deficiência de vitamina D, redução do nível de atividade física e deficiência na ingestão de cálcio.

As microfraturas acometem mais comumente os corpos vertebrais, a extemidade inferior do rádio e o colo do fêmur.

CAUSAS PRIMÁRIAS DA OSTEOPOROSE:

CAUSAS SECUNDÁRIAS:

Endocrinopatias como

Malignas como:

Linfoma

Mastocitose sistêmica

Drogas como:

Imobilização

Cirrose Biliar Primária

Absorção com:

A osteoporose tem controle (se acaso ela ocorre em decorrência a uma doença de base), e cura se por acaso ela é a causa primária.

 

O osso normal é compacto e firme, o osso com osteoporose é fraco e fica parecendo uma esponja, suscetível a fraturas ao mínimo esforço ou até mesmo espontaneamente.

Para maiores detalhes, como diagnóstico e formas de tratamento, recomendo os sites:

www.saudevidaonline.com.br/osteo.htm

www.gineco.com.br/osteoporose.htm

www.abcdasaude.com.br

Dra. Ana Márcia:  [email protected] - envie sua sugestão ou mensagem


< Voltar para página anterior